Ciências Sem Fronteiras 2017: Vai abrir? Como funciona? Vagas

Ciências Sem Fronteiras 2017. O Governo Federal anunciou que o Programa Ciências Sem Fronteiras (CsF) passará por algumas reformulações, que mostremos aqui. Criado em julho de 2011 pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, é um Programa que tem como principal proposta a de promover a internacionalização e a troca de conhecimento através de programas de intercâmbio.
Ciências Sem Fronteiras 2017

Ciências Sem Fronteiras 2017

Até 2015, o Programa tinha a intenção de oferecer 101 mil bolsas de intercâmbio entre alunos de Graduação, Mestrado, Doutorado e Pós-Doutorado, nas áreas de engenharia, Ciências Exatas, Saúde, Ciências Biomédicas, entre outros. Como as metas não foram alcançadas, alguns ajustes tiveram que ser feitos. Conheça-os agora.

Exclusão da Graduação Sanduíche

Foi verificado que os alunos que passavam um período estudante no exterior não se dedicavam de forma satisfatória aos estudos, priorizando passeios. Para os cofres públicos, foi um gasto enorme que não rendeu o aproveitamento necessário.

Em 2015, o CAPES teve um gasto equivalente a  R$3,248 bilhões para atender 35 mil bolsistas. Com o baixo comprometimento dos estudantes, essa modalidade de intercâmbio foi cortada.

Os direitos mudam de mãos

Na reforma prevista para 2017 ficou decidido que o foco principal será para o estudo de idiomas estrangeiros  e para a pós-graduação.

Ganham os alunos da Rede Pública de Ensino

Os alunos de baixa renda das escolas públicas com bom rendimento escolar serão os novos contemplados pelo programa. Além de fazer o curso de seu interesse que constar da lista, poderão ainda aprender um outro idioma.

Os atuais bolsistas

Os estudantes que já fazem parte do Programa terão seus estudos garantidos pelo Governo Federal até o final de 2017.

Aumento nos valores para que todas as bolsas possam ser pagas

Para que todos os compromissos possam ser cumpridos com relação aos valores pagos pelo Governo Federal, dando assim, a oportunidade aos novos alunos e também para o término dos estudantes que já estão alocados em outros países, o Ministério da Educação aumentou em 20,9% o montante gasto com o Projeto, passando de 1,4 bilhão para 1,8 bilhões.

Haverá vagas para o Ciências sem Fronteiras em 2017?

Devido às mudanças sofridas no Programa Ciências sem Fronteiras, existe uma lacuna com relação às informações necessárias que não são possíveis repassarmos. Pedimos, então, que os interessados fiquem de olho no site oficial do Programa para que não percam datas e horários para as inscrições.

vai abrir o Ciências Sem Fronteiras 2017?

Para saber mais, acesse sempre ao site oficial pelo endereço http://www.cienciasemfronteiras.gov.br/web/csf/duvidas-frequentes, lá é possível tirar todas as suas dúvidas acerca do programa e novos lançamentos.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *